joinville imobiliaria

Trabalhando em uma imobiliaria Joinville, temos uma visão bastante clara da profundidade de uma crise econômica.

As pessoas não param de alugar imóveis, mas, se precisarem e puderem, trocam de residência procurando valores mais baixos.

Quando a situação piora, as taxas de inadimplência aumentam rapidamente e não há muito que se possa fazer quanto a isso.

Já o movimento de compras e vendas se restringe, praticamente deixando de existir na faixa dos valores intermediários, onde atua a classe média.

Quando a situação piora, os negócios mais vultosos ficam congelados e nada mais acontece, até que as coisas melhorem.

É verdade que uma imobiliária não é o único termômetro possível para a saúde de uma economia, mas, é um dos mais abrangentes e acurados.

Sobretudo, porque todos precisamos de algum lugar para morar, se não os alugamos, os construímos, vendemos e compramos.

Neste sentido, quando há uma baixa prolongada como a atual, a sensação é de que nosso futuro está interrompido pelas circunstâncias.

Mas, como conhecemos bem este país, sabemos que, em algum momento, as barreiras são derrubadas e a vida segue.

Trata-se apenas de sobrevivermos até lá.

Comments are closed.

Post Navigation