Atualmente, existem vários métodos usados para corrigir cirurgicamente a visão, mas a opção mais popular é o Lasik (Keratomileusis in situ assistida por laser). No entanto, antes do uso da tecnologia moderna, como raios laser e computadores, a técnica original era a Ceratotomia Radial (RK). Isso envolveu um cirurgião oftalmológico com a mão firme e um bisturi afiado para fazer uma série de cortes radiais na córnea (a "janela" frontal do olho), que quando curada, achataria e, portanto, remodelaria a córnea. Teoricamente, isso corrigia a miopia. Os problemas ocorreram principalmente devido ao fato de que a profundidade das incisões poderia causar enfraquecimento e achatamento progressivo da córnea após o procedimento. Isso pode levar a uma série de defeitos, como a visão progressivamente desfocada e os padrões de explosão de estrelas ao redor das luzes. 

Com o advento do laser, um método mais moderno se tornou a norma, chamada Ceratectomia Fotorrefrativa (PRK). Este procedimento envolveu a remoção das células externas da córnea (epitélio) e, em seguida, remodelar a superfície da córnea com um laser excimer, um procedimento conhecido como ablação. As células epiteliais foram então deixadas voltar a crescer normalmente.   https://jocross.com.br/lp/bradesco-saude-maceio/

Comments are closed.

Post Navigation