‘Déficit de calorias’ são a única estratégia comprovada de perda de peso, de acordo com especialistas – mas isso é verdade?

Qual foi a última dieta que você tentou para perder peso? Ao longo dos anos, tem havido um fluxo constante de dietas da moda que vêm e vão, e algumas que permaneceram por aí. Você pode ter experimentado alguns deles na tentativa de perder alguns quilos teimosos: talvez você tenha experimentado a dieta cetônica ou talvez tenha desistido dos carboidratos e comido o máximo de proteína que pôde.

Mas muitos especialistas enfatizam um ponto-chave para a perda de peso: você precisa gastar mais calorias do que consome. Não importa o que você esteja comendo, você tem que queimar mais calorias do que ingerir. Esta é a abordagem do defict calorico para perda de peso, que é o truque de perda de peso mais antigo da história . Mas é mesmo assim tão simples?

O que é um déficit calórico?

Comecemos pelo princípio: o corpo precisa de energia. Todas as células do seu corpo precisam de energia para funcionar e manter as coisas funcionando. Seu corpo armazena energia na forma de gordura e pode retirá-la dessas reservas. Mas também obtém energia dos alimentos que você ingere.

“Então, se você não está comendo comida suficiente, seu corpo vai fundo nas reservas que são seus estoques de gordura”, explica Bruno Rodrigo, nutricionista e porta-voz da BR da Nutrição.

Do ponto de vista da perda de peso, isso é uma coisa boa. Mas você pode conseguir isso e continuar? Você pode manter uma dieta com poucas calorias o suficiente para perder o peso que deseja perder e mantê-la? Pode ser difícil manter um plano alimentar de baixa caloria a longo prazo, e você pode começar a se sentir insatisfeito com o que está comendo. Ou, como Bruno Rodrigo coloca, pergunte-se: “Você vai ficar com muita fome no processo?”

Comments are closed.

Post Navigation